O que é a Basecoin?

Sem dúvida utilizar ativos digitais se torna uma realidade a cada dia. Entradas de empresas como Facebook e PayPal neste mercado mostra o quanto ele só tem a crescer. Ademais, o conceito blockchain também tem se desenvolvido com a iniciativa privada e governos utilizando a tecnologia para desenvolverem um futuro melhor.

Também estamos observando o empenho de grandes exchanges em adicionar novos criptoativos e que estão a cada dia mais criteriosas com isso, pois esse mercado já foi muito inundado por fraudes. Sendo assim, é muito importante que você também faça seus estudos antes de investir em qualquer projeto. Por essa razão analisaremos aqui alguns ativos digitais para que você tenha um norte de onde começar sua análise pessoal. Hoje falaremos um pouco sobre a Basecoin.

O que é o Token Basecoin?

A Basecoin é um token TRC-10. Ou seja, dentro do blockchain da Tron. Em contrapartida com o blockchain do Ethereum, o TRX é rápido e apresenta taxas menores. Sendo assim, a Basecoin baseada em TRX consegue realizar seus fundamentos de adoção e usabilidade diária. Outras características apresentadas pela Basecoin são: comodidade, segurança nas transações, pagamentos fáceis, saques diários e aplicações inteligentes.

O token descentralizado foi fundado em 2019. Sua equipe principal é composta por Wendel Costa (YouTuber e fundador do projeto), Rafael Lobão ( Advisor Latam), Thomas A. Andersen (programador) e Virgílio Augusto (Gerente de comunidade).

Eliminando o problema da falta de adoção

Por certo que uma das maiores dificuldade dos criptoativos é adoção no dia a dia. Altas taxas de transferências e tempos de confirmação demorados, fazem com que a barreira de entrada cresça muito. Assim sendo, projetos focam nessa lacuna e a Basecoin não seria diferente. Ela nasceu com o intuito de ser utilizada em estabelecimentos físicos e on-line. Ademais, tem o compromisso com pagamentos de boletos bancários, comprovantes e contas telefônicas.

Governança

Com o intuito de deixar a Basecoin sempre descentralizada, sua governança é total por todos os titulares do token. Todos poderão decidir votando a direção que a equipe e a Basecoin tomarão, seja na entrada em uma exchange ou mesmo no salário dos dirigentes que compõe o projeto.

Carteira

Certamente uma das maiores preocupações de quem compra criptoativos é o local onde ele deve ser armazenado. Dúvidas de como escolher a melhor carteira são frequentes e não há problema nenhum nisso. Com o intuito de deixar mais prático as transferências da Basecoin, a equipe do projeto já adicionou o token na Trust Wallet. Com essa carteira você pode fazer suas transações de Basecoin sem se preocupar com suas informações pessoais, pois ela manterá a privacidade e a segurança de seus dados.

Conclusão

Conforme você observou, a Basecoin é um token com fundamentos e está se provando a cada dia. Ele já está sendo aceito na Refriar, assistência técnica e manutenção, CyberCell, assistência técnica especializada e em Iguaba Grande para aluguel de casas nos feriados e finais de semana. Além disso, já está sendo negociada na Dex da Poloniex. Contudo, é muito importante que você sempre faça seus estudos e para conhecer mais sobre os fundamentos, roadmap e novidades da Basecoin clique AQUI e leia o White Paper.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *